nadar!

 

 

 


 

UM HERÓI SEM PÉS E MÃOS

De: Rosa PF. Um herói sem pés e mãos. Nadar Rev Bras Esp Aquat 2008; 162:4-6
Date: 11-05-2009

o

O brasileiro Daniel Dias foi quem mais ganhou medalhas na natação em Pequim. Aclamado como herói ao voltar ao país, fomos conhecer um pouco da emocionante história do nadador. Como muitos dos ídolos da natação nacional Ricardo Prado, Gustavo Borges, César Cielo Daniel também nasceu no interior paulista....

oo

Era um sábado como tantos outros, se não fosse por um pequeno sangramento, onde começa uma história. A história de um menino que nasceu com trinta e sete semanas (37) de gravidez, pesando 1,970 kg e com quarenta e um (41) centímetros.Daniel nasceu no dia 24 de maio de 1988 às 3:30 da madrugada, na cidade de Campinas. E as próximas linhas foram traçadas pelas mãos da mãe dele e publicadas no website pessoal:"Quando Daniel nasceu, chorei muito sem saber o porque. Mais tarde fui comunicada que tinha dado a luz a um garoto que não tinha os pés e nem as mãos. Chorei muito e pedi forças a Deus. Quando pude me levantar e ir ao seu encontro, aqueles corredores da Santa Casa pareciam não ter fim. Ao me encontrar frente ao meu filho e passar a mão em sua pele e falar que era a mamãe, ele me sorriu. Jamais esquecerei aquele momento."

ooo

Os anos foram passando. Daniel fez a pré-escola e o ensino fundamental. Nesse período começou a aprender a tocar bateria. Terminou o 3º colegial e pretende fazer faculdade de Engenharia Mecatrônica. No momento está fazendo Educação Física na USF (Universidade São Francisco). É também o baterista da banda da igreja. Daniel está com 19 anos, não tem complexos, vê a vida sempre bela, ama viver e diz que tudo é possível, basta acreditar nos seus sonhos.

oooo

Leia esta matéria na íntegra na edição da revista Nadar! citada sob o título acima ou pesquise no site.