nadar!

 

 

 


 

Pinheiros é Bi

De: http://www.cbda.org.br/materia.php?mat_id=10611
Date: 29-06-2009

o

O Esporte Clube Pinheiros conquistou neste domingo (28/6), o bicampeonato do Brasileiro Infantil de Inverno / Troféu Ruben Dinard de Araújo de Natação. O clube paulista, que agora tem quatro títulos do Brasileiro Infantil de Inverno, totalizou 329 pontos, seguido por Corinthians-São Bernardo, 292,5. O Curitibano, com 233, e o Botafogo, com 220 são as outras equipes que ultrapassaram os 200 pontos. A competição, disputada na Vila Olímpica de Manaus, teve 24 recordes de campeonato. O 26º Troféu Ruben Dinard teve Pinheiros e Corinthians dominando as duas categorias da classe infantil. No Infantil 1 (nadadores nascidos em 1996), o Corinthians foi o vencedor com 118,5, seguido de perto pelo Pinheiros, com 113. Já no Infantil 2 (atletas de 1995), aconteceu o contrário, com o Pinheiros chegando na frente, com 110 pontos, secundado pelo Corinthians, com 86.

oo

Os melhores índices técnicos do campeonato foram Nicole Ribas, do Curitibano, pelos 200m livre; e Luiz Melo, da Hedla Academia, do Ceará, pelos 200m borboleta, no Infantil 1. No Infantil 2, os vencedores foram Mayara Nascimento, do Curitibano, pela prova dos 100m peito; e Luiz Gustavo Barros, do Serc São Caetano, pelos 400m livre. No último dia de competição, mais cinco recordes foram batidos. Os primeiros foram nos 400m livre masculino. No Infantil 1, Vítor Garcia, do Sesi, de São Paulo, fez 4m27s35 e superou os 4m27s74 de Matheus Martini, do Botucatuense/SP, em 2006. No Infantil 2, Luiz Barros, do Serc São Caetano, na prova que lhe deu o troféu de melhor índice técnico, marcou 4m15s28 e melhorou o tempo de Leonardo de Deus, da AABB, de Brasília, em 2005, 4m16s75.

ooo

Outra a garantir o troféu de melhor índice técnico no último dia foi Mayara Nascimento, do Curitibano, nos 100m peito. Se bem que Mayara também ficou com o segundo melhor índice técnico da competição pela prova dos 200, mesmo estilo. Nos 100m peito, ela completou em 1m11s45 e barrou a finalista olímpica Joanna Maranhão, do Nikita-Sesi/PE, que fez 1m16s99 em 2001.

oooo

Os últimos recordes do Troféu foram nos revezamentos 4x100m medley. No feminino, nova vitória do Curitibano, com 4m34s96. O quarteto paranaense – Nicole Ribas, Mayara Nascimento, Kauane Kosinski e Ana Laura Valaski – bateu o tempo de 4m41s01 do Pinheiros no ano passado. No masculino, o Corinthians marcou 4m12s53 e melhorou bem um tempo que foi dividido por duas equipes – Pinheiros e Unisanta - em 2008, 4m20s54. Os novos recordistas são Rodrigo Berti, Arthur Pedroso, Gabriel Gomes e Guilherme Amano.